quarta-feira, 7 de novembro de 2018


FOTO: GOOGLE

Total espaço,
sem quinas ou cantos.
Vasos destilados,
canais desobstruídos.
Sons líquidos,
silêncio invadido.
Perdido no tempo,
do tempo perdido...
Dura rotina,
numa leve confusão.
Preso em celas,
paredes de concreto.
Ser humano feito objeto.
Asfalto cinza,
tons e semi tons,
de corpos perdidos,
 sucumbido em meio a multidão
Avarias...
Passos confusos,
choros incontidos,
tremendo distúrbio,
da vida vazia.
Sem solução,
assim te vejo,
ser humano invisível,
vivendo sua rotina,
num mundo plausível...

-Rosa Azul-

segunda-feira, 26 de março de 2018

"Te fiz Poeta"


Foto: GOOGLE (permitida)


Sei que sou tua musa...
Que você me olha, observa.
Talvez, possa reverenciar um dia,
aquela que tentou ser sua melodia.
Mas poeta, sejamos honestos...
O que seria de tuas poesias,
se você não fosse sincero.
Se não me descrevesse em seus versos.
Se não me apontasse em suas rimas.
Se não misturasse minhas linhas,
com as tuas entrelinhas...
Não desdenhe dessa sua inspiração,
que toda noite vagueia por tua mente.
Percorre teus sentimentos e,
aflora para dentro de teu coração!
Que insiste, pernoitar na sua alma,
levando consigo o pobre cupido.
Anjo bom, transmissor de bondade e amor.
Um verdadeiro anjo sedutor.
Sou tua musa! Aceite e encare esse carma.
Porque, essa que tu lês agora, se intitula:
'Sua deusa, sua inspiração...Sua Musa!'
Grito e berro aos sete cantos.
Te fiz Poeta! Te fiz escritor...Te fiz detentor do amor.
Não me renegue, porque sempre te deixo, a flor da pele!"


(Rosa Azul)




domingo, 3 de setembro de 2017

Sem Meias Palavras...


FOTO BY: HELLEN COLTER


Sou uma tola egoísta,
 em não querer dividir,
teu amor com mais ninguém.
Tuas escritas são minhas...
Tuas poesias monogâmicas,
 feitas para mim, tua musa!
O resto da vida, seria tempo demais,
para ficar separada de ti.
Insisto num encontro de sonhos,
onde, teceremos nossas palavras.
Com rimas, melodias...Ritmada!
E, como quem prepara a teia,
selaremos o nosso amor.
Sem meias palavras.
Sem nenhum rancor.
Só assim, terás a paz que almeja.
E eu, terei o teu amor...
E no reflexo dos versos,
nossa imagem refletida,
 no concavo das rimas.
Refletidas no espelho,
amparadas no meu amor...

-Rosa Azul-



sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Eu em...Eu mesma!



Sou completa, quando minhas metades,
se unem para juntar forças.
A mulher paciente, serena, amorosa...
Sempre observando. Sempre pronta!
A mulher dinâmica, forte, agitada...
Sempre duelando, mas nunca rancorosa.
As duas metades unidas, na luz e na sombra.
Adoram o dia e a noite. São do contra.
Vivem em dois mundos diferentes.
A mulher doce, guerreira.Vive seu real.
A outra, sonhadora...Vive no virtual.
Mas o que fazer, quando as duas aparecem?
Viver o que elas querem, pedem!
Estão sempre rodeadas, por Anjos protetores.
Sejam do bem ou do mal. Não fazem mal.
Apenas, zelam, protegem.
Acreditam no destino escolhido...Real.
E, nos sonhos fictícios...Virtual.
Uma, sobressai a imagem da outra,
mas sempre respeitando a sua essência.
Podem parecer deslumbradas, doidivanas...
Porem, estão sempre firmes na razão.
Sempre com os pés no chão!
Ambas iguais, decididas, destemidas.
Bipolares? Não! Mulheres que se completam.
Num mundo onde, tudo respira paixão!
-Rosa Azul-