terça-feira, 12 de abril de 2011

Fobia de Cidade Grande!



 
  "Mesmo estando no bairro da Liberdade, me senti presa a essa gente!"


Acordei com alma de Adolescente...Querendo sair para rua e fazer algo diferente...Faltar no emprego e dar um passeio na Liberdade...Lá existem muitos adolescentes vestidos com personagens ANIME dos desenhos Japoneses que particularmente...Eu Amo!...Coloquei uma calça Jeans meio rasgada(customização minha), meu "All Stars" Vermelho, também rasgado, mas só um pouco...Prendi o cabelo num Rabo de Cavalo bem alto e após alguns retoques e acessórios, aqui e ali...Fui! Já na rua, todos me olhavam e comentavam. Não to nem aí!...Liguei meu MP3 e cantava, baixinho movendo a cabeça freneticamente de acordo com a musica que estivesses tocando...No momento, ouvia Cássia Eller...Várias dela! Desci na Barra Funda e peguei meu rumo para o Metro... Chegando na Liberdade, me sentia realmente...LIVRE! Andei por alguns minutos entre vários japoneses, suas lojas belíssimas e também seus restaurantes...Tudo ali, por um momento, me parecia muito Belo, mas nao demorou muito e senti  Medo...Esse lugar era muito Sinistro e estranho...Parecia que eu estava realmente em outro País...Não entendia nada do que eles falavam...Brigavam, gesticulavam muito e houve até uma discussão generalizada...Como não conseguia entender nada, mudei meu caminho rapidamente e, sem mais querer ficar naquele bairro doido, louco, fui caminhando até chegar na Praça da Sé...Agora sim, estava de novo no meu País...Meu povo...Minha Gente! Por um momento gostava do que via, mas logo, fiquei assustada! Já fazia algum tempo que eu não ia para aqueles lados do Centro, mas aos poucos, fui me acostumando...Correria; gente gritando; policia andando para la e para cá; moradores de rua; mendingos e deficientes (pedindo esmola); gente na correria para o trabalho...Ufa! Acho que não foi uma boa ideia acordar com alma de adolescente...Me senti perdida e acuada no meio daquelas tantas pessoas: se esbarrando sem se quer se olharem, dar um Bom dia ou coisa parecida...Eram tantas pessoas num ritmo Mecânico e desenfreado a procura de algo...O que? Não faço a mínima ideia, só sabia o que "eu" estava sentindo naquele instante, e era Assustador...Talvez era pior que estar em outro País, pois ali o que me passou: era que ninguém conhecia ninguém...Ninguém falava com ninguém... Apenas algumas Gangues andavam juntas, rindo ou provocando quem passasse por aquelas ruas...Barulhos!... Brigas!...Assalto e Policia!...Lixo: muito lixo espalhado pelas ruas, uma gente amontoada num mesmo canto; pessoas comendo lanche  na rua em pé em meio as Moscas...Me senti como uma "Estranha no Ninho"...Resolvi pegar um ónibus e voltar imediatamente para meu Mundinho...Bairro!... Periferia!... Tranquilo! Aqui tenho muitos  amigos e vizinhos atenciosos que me cumprimentam com um  Bom dia, oferecem cafezinho e, as vezes, me falam de sua rotina, familia, vida...Conheço todos os rostos, moradores antigos daqui, e também os novos. E tambem moram ao meu redor, meus novos e antigos aluninhos...Vão se chegando e ficando Misturados..."Todos juntos e Misturados"...Centro? Só se for necessário...Personagens Animes, só se for nos desenhos Animados...Acordei com alma de adolescente, mas prefiro ficar aqui no meu Bairro e crescer rápido...Fim do dia, troquei a alma de adolescente, por uma mais tranquila...a Minha!

Simone Martins - 12/04/2011

Fotos: GOOGLE

9 comentários:

Carla Fernanda disse...

Muito interessante texto e mudança de percepção, com imagens, cenários e impressões.
Parabéns!
Também prefiro a tranquilidade e a sua suavidade de escrever amiga!
Beijos!
Carla

Claúdia Luz disse...

Boa tarde !!

Adorei !! As vezes também acordo com alma de adolescente !! Escuto musica !! ah!

Um lindo dia !! Mil beijos !!

Anne Lieri disse...

Simone,essa cidade é mesmo muito louca!Dois passos e estamos no paraiso,mas se der mais um...rsss...pode virar um inferno!Adorei seu texto!Sempre inovadora!Bjs,

Silenciosamente ouvindo... disse...

Percebo muito bem o sentido do seu texto.
Está bem escrito. Parabéns.
Beijinho
Irene

Carla Fernanda disse...

Bom dia querida!
Ainda sonho em morar no campo e nas montanhas ao mesmo tempo. Num vale!
Beijos!

ONG ALERTA disse...

A vida esta uma loucura nas cidades...beijo Lisette.

Cadinho RoCo disse...

Nunca é demais experimentar um dia de sonho.
Cadinho RoCo

Maria Marluce disse...

Creio que de vez em quando nos sentimos com alma de adolescente.

Marcia Morais disse...

Adorei seu texto amiga ,cá entre nos tbm tenho fobia a muntidão rs!
bjks!