quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Então: é o fim!


"Nesta noite fria, sinto que falta algo em minha vida. Não consigo descrever ao certo, mas sinto que falta: algo! As lágrimas caem em desespero e a dor no peito me sufoca, aperta sem dó e me tira o ar...Talvez, porque não consegui sentir o sabor de teus beijos, nem o toque de tuas mãos em meus cabelos. Seria bom um cafuné, assim, meio embolando os fios e revelando seus gemidos enquanto me fazes os afagos...Fecho os olhos e tento imagina-lo. Não consigo! Acho que realmente é o fim. Fim dos sonhos, dos delírios e devaneios...Ainda estou chorando e as lágrimas continuam descendo, meio tímidas e sem jeito...Olho para tua foto, aquela 3X4, não vejo mais nada em teu olhar. Talvez seja melhor assim, terminar antes mesmo de começar...Mas o que carrego comigo são teus rabiscos, escritos e dirigidos a mim...Cada vez que te lia, era como se tu falasse, aos meus ouvidos. Sentia-me feliz...Porque tem que ser assim? A lua esta la fora e hoje, parece estar zombando do que estou sentindo. Ela tem um brilho fosco, meio que nublado,meio que querendo descobrir meus desejos...Ah, meus desejos! Por um momento, achei que jogando flores naquela fonte seria fácil te-lo ao meu lado. Ouvi musicas que nem mesmo sei se tu gostavas realmente, mas ouvia, só para senti-lo do meu lado. Estou decidida a não sonhar mais, fechar meus pensamentos por um tempo. Quem sabe ate descobrir que: nas entrelinhas você tentou me dizer o que eu já sabia...Seguirei meu caminho, mudarei meus rumos,viverei outras vidas...Serei vilã ou heroína, mas não quero te-lo mais em minha vida...Desisti de tudo, vou procurar outros mundos e tentar ser feliz...As lágrimas continuam a cair, mas sei que daqui a pouco, ao dormir, elas irão junto do meu adormecer...Deixo aqui, minha penitência, minhas reticências...meu final feliz...sem ti! Espero apenas que, saiba ler nas entrelinhas..."

Simplesmente...Si
03/08/2011

Foto:GOOGLE-http://3.bp.blogspot.com/-8ODE10SN8B4/Tjn3GJLQ2eI/AAAAAAAAAzU/CUXgQH3bvfM/s1600/Amor-inevitavel-fim.jpg

15 comentários:

Roberta disse...

Si!!
Adorei o novo visual..ficou lindo!!
Na vida estamos sempre em ciclos e aprendendo sempre com mudanças e ao novo na nossa vida para conhecermos novos cheiros, novas sensações que ainda desconhecemos..esse é o grande sabor da vida..o Novo na nossa vida;)
Grande beijo amiga!
Fique bem!
Rô!

Yasmine Lemos disse...

Quando a hora de dizer fim chega.Não adiante enganar o coração.
bom dia Si.
Obrigada pelas palavras de carinho no poema de meu pai.
beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei de tudo e sobretudo do texto
do último post.Beijinho.
Irene

✿ chica disse...

Há uma hora que o fim se impõe.Lindo! beijos,chica

Su disse...

saber enfrentar a dor de um fim é pra poucos, saber descrevê-la assim, intensamente e com tanta dor, só para os poetas! Lindo moça, lindo mesmo...

beijos e um dia quentinho pra ti! Su.

Universo Paralelo disse...

Essas entrelinhas parecem que são invisíveis aos olhos do outro, pois quanto mais queremos dar um fim na dor que ele nos causa, mais estamos perto das lembranças que nunca se apagam, a opção mesmo é tentar de novo, recomeçar, longe ou perto. sair e ir buscar a felicidade! adorei o texto, beijos e bom dia!

Maggie May disse...

passei tantas noites assim, algumas ele estava no quarto ao lado, outras deitado ao meu lado…ah! como doia! e pior que a dor é o gosto amargo na boca.
depois tudo permanecia, e novas noites assim voltavam, por anos e anos…até que um dia a luz se fez no coração dele...

William Garibaldi disse...

Ai que amor bonito!!! Porque tem que acabar...
só porque não tem beijo?
Magina!
Continua!
Amei.. "quando escrveias era como se falasse aos meus ouvidos... "que poesia!
Bjuss de Luz amiga!

Thay Negrão disse...

Nada é para sempre, e devemos nos acostumar com um adeus...com lágrimas nos olhos,porém com a certeza de que toda experiência vivida valeu a pena!
'Leve com você só o que foi bom...'

Beijos querida...sempre bom ter você no meu cantinho!

Anne Lieri disse...

Simone,que comovente esse texto!Como é dificil o fim de um amor,mas sempre existe o tempo que cura todas as feridas!Linda prosa poética cheia de sentimento que emociona!Bjs com meu carinho e amizade!

MARILENE disse...

Escrever com entrelinhas é medo de dizer verdades. Sonhos que trazem dor não merecem ser acalentados. Após as lágrimas, o olhar se dispersa e encontra outros, onde pode estar um amor de verdade.

Bjs.

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Oi querida amiga. Passando aqui novamente para apreciar teus textos e curtir um pouquinho mais esse lindo blog. Sempre vai faltar algo em nossa vida, ela nunca será completa. Um ótimo final de semana, um grande beijo.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Por vezes me ausento, Simone, mas sempre volto. Este "modo suave de escrever" me fascina...

Pois é,no amor,também, temos que ser realistas...Depois de um "fim", poderá logo vir um "início".É seguir em frente, querendo ser feliz..O verbo amar, se conjuga, também, no passado, presente e futuro... portanto!

Beijos

Carla Fernanda disse...

E quando caem as lágrimas tudo fica mais limpo e real no olhar....até que elas secam...
Beijos,
Carla

R.D.S. disse...

Q texto maravilhoso. É perfeito para o momento que estou passando