terça-feira, 26 de junho de 2012

A Rosa e teu Olhar!


♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com


FOTO: GOOGLE


"E no asfalto quente,
 ela se refez...Renasceu!
 Entre paredes de concreto,
 tudo se encontra cinza, inerte.
 E assim, ela sente sua presença...
 Por entre ruas e calçadas.
 Seu caminhar se torna mais leve
 e as pedras em teu caminho,
 já não existem mais...
Tornou-se cristalino como teu destino.
 Por entre tanta gente diferente,
 ela encontrou o teu olhar.
 Hipnotizada, sentiu-se tranquila.
 Mas já não consegue dormir direito,
 pois o teu olhar, impregnou teus pensamentos.
 E no asfalto quente,
 ela insiste nessa amizade...
 Ora longe, ora perto, felicidade!
 A Lua, o Sol, as estrelas...
Já não a emocionam.
 O que a faz sorrir e viver,
 são os teus olhos expressivos
 que não a deixam, te esquecer...!"

(Rosa Azul)

15 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Amiganja...
triste mesmo...mas faz parte...como tu disse, tudo passa, tudo se refaz, renasceu...como sempre!
Obrigado pelo carinho da visita!
Boa quarta feira!Cuide se bem!
Beijos

Paulo Francisco disse...

Eu gostei!

Simone, todo poeta é fingidor. É fingidor? rs rs
Respondendo, digo: um mix de realidade e sonho.
Um beijo grande

LORENA LEITTE disse...

gostei !!!ruas ,asfaltos ...ela resnaceu.
muito bom
abraços

Nelma Ladeira disse...

Olá bom dia!Lindo seu cantinho.
Beijinhos.

edumanes disse...

No asfalto quente
Sem sapato não ponha pezinho
Se queimar fica dormente
Não tirar dos pés o sapatinho!

Nesse asfalto para onde caminhar
Porque o não fazer pela terra batida
Se for longe quando ao destino chegar
Se não proteger seu pezinhos pode ficar ferida!

Boa quarta-feira para você, e não se esqueça de quando a pé caminhar pelo asfalto quente proteger seus pezinhos bons sapatinhos!

Um abraço
Eduardo.

Catia Bosso disse...

Filosofia do Amor!!!!


bjs meus

Catita

Nelma Ladeira disse...

Olá boa tarde!Obrigada pela visita,e seu comentário.
Espero que volte mais vezes beijos.

Palavras disse...

Oi Simone,

sempre li seus versos no blog do Edu, mas é a primeira vez que venho aqui no seu espaço.

Você escreve muito bem, escreve com a alma! Parabéns!

beijos

Leila

William Oliveira disse...

Que a Rosa renasça por si e de si!
Este mito da rosa do asfalto, trazido as claras por Drummond, é muito forte e belo. Ressurreição clara... a fenix do asfalto.. a flor... o fogo que renasce.
Que esta rosa cresça e viva, e viva por si e para si... e descubra que o perfume.. a magia e o poder que ela viu neste olhar divino.. é DELA!

Todos somos um, ao sentirmos o perfume da Rosa de Sampa!

Que lindo isto! Vc me mostra que não há distâncias... apenas o Uni VERSO os Multi VERSOS então...
a vida ... cada momento é Poesia! Está tudo ligado pela beleza e harmonia!

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Amiganja...
...Boa quinta feira!
Muita paz e luz!
Obrigado pelo carinho, viu?
Beijos
...tenho q ser rápido, minha net está travando...e cai toda hora...fui

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Amiganja...
...Boa quinta feira!
Muita paz e luz!
Obrigado pelo carinho, viu?
Beijos
...tenho q ser rápido, minha net está travando...e cai toda hora...fui

Luiz Alfredo disse...

Quando o olhar
ofusca o brilho das estrelas
e do luar
e deixa os caminhos
e a vida confusa
sem sentido
é uma paixão a cintilar
ou uma semente do amor
que começa a brotar.

Luiz Alfredo - poeta

wcastanheira disse...

Um mimo, mais uma vez vc deu um show, é uma delicia passear por aqui, ainda estou agradecido e feliz por aquele belo presente q vc dedicou-me dias atrás, ainda estou curtindo, pra vc linda bjos, bjos e bjosssssssssssssss

Nelma Ladeira disse...

Olá realmente as vezes acontece de nós ficarmos de boca aberta,olhando pro nada por causa do amor!
Bjus.

MARILENE disse...

O renascimento, perceptível e belo, traz consigo o sonho. Nele, a presença que encanta logo se instala.
Bjs.