sábado, 9 de junho de 2012

Sempre delirando...



FOTO:GOOGLE


Eu adoro misturar as palavras,
onde vou tecendo cada verso,
como se brincasse com o Universo.

Adoro construir o mistério, sem revelar segredos.
Me sinto única, quando quebro regras.
Desafio as normas. Me rebelo contra o belo!
Admiro e me encanto com o feio...
A grosso modo, imponho-me respeito.

Gosto do jogo singular...
Num esforço final, tentando entender...
Meus defeitos, devaneios.

Me sinto exclusiva, quando me visto de poesia.
Sou o tudo! Mas também, sou o nada...
E, assim, permaneço em tua vida...
Como um nada! Invisível mesmo!

Sou como o outono, se retirando, para dar lugar
ao inverno que vem chegando...
 Eu sou o fim de um todo...Do amor, da paixão...
Embutido em teus pensamentos.

Parto triste e melancólica, em busca de respostas.
Deixando-o livre e absorto em teu porto...Seguro ou não!
Levo comigo a minha companheira, a doce e quieta,
sempre em silêncio...A Solidão!

(Rosa Azul)

24 comentários:

Delano Alexandria disse...

Sublime!


Beijoss

wcastanheira disse...

_ a doce e quieta,
sempre em silêncio...A Solidão! Sempre belos seus textos, sempre provocam o delírio de quem lê, vc provoca, instiga a imaginação das suas visitas, pra amiga bjos, bjos e bjossssssssssssss

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema lindo repleto de sentimentos, parabéns poetisa.Beijos.

edumanes disse...

Misturar sem ferir
Sorrir e não magoar
Palavras de amor ouvir
E o corpo de quem se ama abraçar!

Amor belo esse sim
Verdadeiro com certeza
Que a felicidade não tenha fim
Junta dela fica a beleza!

Bom fim de semana, para você desejo eu com certeza.
Um abraço
Eduardo.

Ricardo e Regina Calmon disse...

OLÁ SORRISO DE GIOCONDA,FLORES TE OFERTO E TE DIGO:EM REMISSÃO SEM EXPLICAÇÕES PELA CIENCIA,MINHA ARRITMIA CARDÍACA QUE LEVAVA VIDA MINHA A UMA MORTE SÚBITA,CESSOU,SEM EXPLICAÇÕES PELA CIENCIA,HUHUU,DEUS EXISTE

BZUZ EL RICKAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Felisberto Junior disse...

Olá!Bia noite!
Amiganja!
Belos versos..adorei... palavras duais...e no final de tudo...sentimentos à flor da pele...
Obrigado pelo carinho de d sempre!
bom final de semana!
Beijos

Flavio Ribeiro disse...

Ola Simone,

Muito bom!

Sabe, acho que a emoção que descreveu no seu texto é como as vezes me sinto quando estou criando, ou seja, parece até que nestes momentos somos um pouco deuses! Não é?

Ola Mari,

Acabei de postar um comentário mas deu erro e não sei se foi...
De qualquer forma queria dizer que adoro as histórias da Suzana, e que bom que ela ao menos fez uma lista para organizar suas prioridades de mudança. Será que agora vai?

Abraços, Flávio.
--> Blog Telinha Crítica <--

Mensagem Efêmera disse...

Faz parte de ser poeta,
Faz parte de ser mulher. :)

✿ chica disse...

Delirar assim faz bem.Lindo,Simone!!um beijo,tudo de bom,chica

Coisas do meu Coração! disse...

Oi querida.
Poema lindo!
Parabéns!
Estou esperando você aqui.
Um cheiro
Eu! Leilinha

MA FERREIRA disse...

Oi Si!
Amei te ver la no meu cantinho...
Lindo poema..amei!

Bjinhos..bom fds!!

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Amiganja!
...muito frio ai?
Vim agradecer pelo comentário carinhoso e desejar um bom final de semana!
Beijos

Anne Lieri disse...

SiMone,nesse silencio uma grande emoção!Adoro suas poesias e esta ficou especial!bjs e meu carinho,

O Profeta disse...

Convido-te a conhecer um Homem de papel
Convido-te a olhá-lo num espelho de água

Mágico beijo

Luma Rosa disse...

Oi, Anjinho!!
Vim te visitar nas nuvens, pisando bem de levinho para não espantar a sua solidão. Quem sabe você gosta da solidão? Eu gosto quando eu a escolho. Sinto falta de estar só comigo, mas não gosto da solidão imposta! Na solidão podemos misturar as palavras e brincar com os sentimentos, até mesmo arrancar de nós uma confisão - aprendemos com nós mesmos, na escrita e na solidão.
Bom fim de semana!! Beijus,

wcastanheira disse...

_parto triste e melancólica em busca de respostas...Mais uma vez adorei, mais uma vez viajei, pra vc bjos, bjos e bjosssssssssss

NADJINHA disse...

Olá queridinha... que lindo poema ..seu blogger tá um encanto..aparece ok..no meu cafofo tá maior arraiá te espero viu...para comer..canjica..milho verde kkk beijus otimo fds!!!

Felisberto Junior disse...

Olá!
Bom dia!
...agradecendo pelo carinho do comentário e proteção de sempre, vim desejar um feliz domingo!Muita paz e luz!
Beijos
...frio...fui

Edson Marques disse...

Belíssimo!

Bijú disse...

Olá adorei seu blog e não posso falar só de um texto porque todos são ótimos.
Um beijinho
Bijú
http://dharinha-piecesofalife.blogspot.com.br/

Vera Lúcia disse...

Lindo, Simone!

Você é uma artista das letras.

Obrigada pelo carinho da visita.

Ótimo finalzinho de domingo.

Beijo.

Van disse...

Oi Simone,

encanto puro os seus versos. veste-se de palavras tão lindas que até a solidão parece-nos menos só.

Beijos e boa semana!

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Querida Amiga Si!!!
A solidão é amiga, inimiga, companheira ou até mesmo confidente.Ela no fundo não tem cara, nem identidade.Ela é silenciosa, como o silêncio mórbido daqueles que se foram. Ela se "veste" em nós, por mais que a gente pense em ficar desnudo.A solidão é feroz, sagaz e nos impõe o seu momento de aparecer...
Bem, esse é apenas um trecho de um poema meu sobre o tema...Adorei os seus versos minha amiga.Bem, vim na verdade aqui para agradecer pelo carinho e suas constantes visitas em meu blog.Agradeço de coração pelos cumprimentos, tanto no meu niver quanto no do blog,ontem.Seu carinho e sua amizade são fundamentais para que a gente interaja como de costume.Isso é muito bom,tenha a certeza! Você viu que eu postei aquelas imagens de ilusão de ótica, e tirei logo em seguida né?Desculpe,seu comentário foi junto.Mas realmente, as imagens poderiam causar um certo desconforto em meus amigos, e isso não desejo jamais né mesmo?rs.Mais uma vez, obrigado pelo carinho.Tenha uma excelente semana, fique com Deus!!Bjs, Rubi.

William Oliveira disse...

"Eu adoro misturar as palavras,
onde vou tecendo cada verso,
como se brincasse com o Universo.

Adoro construir o mistério, sem revelar segredos."



Rosa de Sampa... sempre doída.. linda mas doída! Te mando uma chuvapra regar teu coração!