sábado, 14 de setembro de 2013

Acordando dos Sonhos!

FOTO: GOOGLE
 
 
Estou inerte, parada, estática...
Não quero continuar essa caminhada.
Cada nervo onde pulsa meu sangue,
esta vermelho intenso,
rasgando, sangrando...
Magoado pelo tempo!
Destruído e judiado pelo destino.
Mas, não quero esperar mais nada,
sei que você não é meu!
Estou aqui, entre quatro paredes...
Sim, pensando em você.
Sentindo-se tão sozinha,
numa noite fria de sexta feira!
Você jamais chegara em casa,
se perdeu...Perdeu-se de mim.
Anjo da guarda sem farda!
Não vou chorar, nem ficar triste,
pois sei que teu amor,
me foi suficiente...
Me fez sorrir...Me fez feliz!
Me fez sonhar...
Fomos loucos, santos, insanos...
Pecadores sem planos.
Um casal fora dos padrões,
ilegais, anormais...
Mas a cada dia passado,
foi de puro divertimento, sentimentos.
Quero te beijar pela ultima vez...
Que seja debaixo de chuva,
raios e trovões...
Não tenho medo!
Me perdi no meu caminho,
quando um dia, te conheci...
Fiquei cega, surda, confusa...
Mas com certeza, não deixei de ser tua musa.
Vem, sussurra em meu ouvido,
pela ultima vez,
aquilo que te peço sempre.
Aquela frase, que um dia,
aprendi contigo, me encontrei.
Nunca mais ficarei triste e,
 se um dia eu chorar,
vai ser porque me lembrei de você,
de como era lindo te amar!
Nos divertimos muito nesse meio tempo...
Brincamos, surtamos, corremos perigo,
mas nunca desistimos...Vivemos cada minuto,
sorrindo e não morrendo...
Quero te beijar pela ultima vez,
sob os raios da Lua...
Quero te afagar o rosto, com o nascer do Sol.
Todos os dias, quando acordar,
lhe darei "Bom Dia", mesmo sem voz...
E a noite, procurar-te-ei por entre as estrelas,
aquela mais brilhante, sorrindo pra mim...
Saberei que é você me desejando...
"Boa noite, dorme com Deus!"
Nesse momento, quero um ultimo beijo,
e num ultimo suspiro...
Dar-te-ei, boa noite também!
 
-Rosa Azul-

5 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite
Amiganja
agora eu entendi o porque dos
"Bjos tristes..."...que linda e ao mesmo tempo muito triste, a sua prosa.
Eu penso que de que vale sonhar se ele não estás.Enfim, sei como é difícil, o dia em que acordamos e deparamos com a realidade. E nós ficamos sem saber para onde ir, no que acreditar. Temos que refletir bem, libertar e sair do sonho para a realidade. E ter esperança.Só você pode fazer a melhor escolha para si mesma. Só você pode aprender/ensinar-se a viver hoje com ou sem o sonho.. Se você deixar que isso aconteça, ele pode assombrá-lo a qualquer hora do dia,e como não tem de se apagar as memórias, nem evitá-las, há que aceitar, há que olhar a realidade, e depois tentar reestruturar-se, acreditando sempre que o próximo sonho pode ser o melhor!
Agradeço
Belo domingo
Beijos
ClicAkiFelisJunior

Manyélly disse...

Olá, tudo joia?!
Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
http://manyelly.blogspot.com.br/
http://www.pinterest.com/manyelly/
Sucesso para você!!!
Bjo

Samuel Balbinot disse...

Boa noite Simone.. poesia muito prazerosa de ler. adorei esse verso rsrs

Fomos loucos, santos, insanos...
Pecadores sem planos.
todos somos de tudo um pouco.. é assim que a vida vai nos ensinando como ela quer ser vivida. uma linda noite pra vc até sempre

Nequéren Reis disse...

Olá!!!, Deus te abençoe, amiga amei a sua poesia, AMIGA SUCESSO.
Canal Youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

Bruno Peres disse...

Oii tudo bem ??

N é um poema
Mais essa musica é muito linda ate parece um...
Lei bem . É muito linda
..
Continue escrevendo muito lindo seus poema leio sempre .todos os dias


Se Tudo Fosse Fácil (part. Paula Fernandes)
Michel Teló
Se tudo fosse fácil
Eu me jogaria em seus braços
Me afogaria nos seus beijos
Eu me entregaria de bandeja pra você
Se tudo fosse fácil
Mandaria a saudade embora
Estaria te odiando agora
Como se fosse fácil apagar você de mim
Saudade eu tenho toda hora
E você me vem na memória
Eu penso 24 horas em você
Estou sem tempo pra te esquecer
Saudade eu tenho toda hora
E você me vem na memória
Eu penso 24 horas em você
Estou sem tempo pra te esquecer
Mas se tiver que me deixar, vai deixando devagar
Deixa eu me acostumar, com a sua ausência