terça-feira, 2 de junho de 2015

Fotografia sem rima...


Foto cedida por:  Danielle Macêdo
Ela sabia que a noite chegaria.
Sentiu a brisa suave tocando seu rosto.
Percebeu o voo dos pássaros, agitados.
E do vento, sentiu o gosto...
Frio, com sabor de maresia.
Em tons alaranjados, ela se permitiu,
amar e ser amada mesmo que em sonhos.
Vislumbrou e deleitou-se com...
O nascer e o Por do Sol.
Viu e ouviu o cantarolar dos pássaros
Viu o naufrágio de suas dores, 
partirem para novos horizontes...
Ancorar em outros portos!
Ela sentiu o aroma fresco da poesia,
quando coloriu, com suaves tons,
suas tristezas e alegrias.
Conseguiu extirpar suas lagrimas,
e aliviar com rebeldia, seus carmas.
Agora, através do olhar da lente,
de sua companheira, sua maquina...
Conseguiu, com beleza e maestria,
captar tudo que vai alem de sua alma.
Conseguiu, com ternura e devoção,
imortalizar numa simples imagem,
o que permeia seu sofrido coração!
Entende que, suas palavras sem rimas,
aparecem nos versos e nas melodias...
iluminados como flash, nas suas fotografias.

-Rosa Azul-



4 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Simone
Gostei demais da sua contribuição na minha página "Historietas de Amor"... ficou deveras lindo!!!
Entretanto, não pude colocar seu link pois aparece-me continuamente ao seguinte:

Aparentemente um link que você está compartilhando é perigoso. Remova este link:

modosuavedeescrever.blogspot.com

O jeito foi eu citá-lo... que pena!!! Disse ao face que conhecia o seu jito de escrever e que se tratava de poesia... mas não teve jeito, menina...
Obrigada por colaborar e vou sempre te convocar... vale a pena!!!

Quanto à sua poesia, vc é uma poetisa nata, tem beleza na alma... Parabéns!
Bjm fraternal

Danielle Macedo disse...

A arte se perceber o que meu coração quis falar em uma fotografia.
Lindoooooooooooooo, amei!
<3
Obrigada!

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Simplesmente lindo!

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Simplesmente lindo!