terça-feira, 19 de abril de 2011

Amor...qual deles?






"Depois de tantos anos juntos, meu AMOR ainda me manda flores!"

Existem varias formas de Amar alguém...Uma delas é aquele amor infantil, onde sempre o alvo são professores(as)...Um amor de criança que nada vê alem daquela pessoa maravilhosa todos os dias a nossa frente, nos ensinando o que realmente é a vida...Ficamos hipnotizados por seres tão maravilhosos, inteligentes, soberanos, que não conseguimos ver mais nada alem da vossa Imagem...
Depois, mais tarde, surge o primeiro Amor; nesse momento, estamos entrando na fase da adolescencia...Tudo é novo, tudo é diferente...Agora, este amor é pura iniciação para o AMOR CARNAL, seguido pelo nosso descobrimento do corpo...Na verdade, é o que acreditamos, por ate esse momento, nunca termos nos apaixonado por ninguém dessa forma! Nessa fase, sofremos muito, se esse amor não for correspondido... Não dormindo direito; não se alimentando; achando que, todos e tudo estão contra nós nesse momento...É difícil e complicado...Ninguém nos entende! Existem alguns adolescentes, que em certo momento, caem na depressão e ate pensam em suicídio, tão forte é a emoção do AMOR que esta sentindo...Sentimo-nos em muitos casos, dono da outra pessoa, querendo que ela nos ame da mesma forma, que nós, a estamos amando...Uma fase complicada que necessita do apoio da família e amigos, para poder  ser superada...Passando essa fase TEEN, entramos para o amor de "Contos de Fadas"...A espera do príncipe encantado que nos levara para o Altar e assim, vivermos: Felizes para Sempre! Nessa fase, também sofremos muito...Queremos nos "auto afirmar" através de um amor que ira durar para sempre, pois fomos criadas desde o nascimento ouvindo isso de nossos familiares. Principalmente, as mulheres de nossas famílias: Mãe, tias,avós...mulheres no geral. Nessa fase, as vezes, o Amor verdadeiro esta ao nosso lado, mas não, queremos aquele homem perfeito... pronto para casar! E surge ai, as consequencias para sofrermos...e quanto sofremos! E as pressões vinda por parte da família, se torna inevitável...Porque temos que nos casar e constituir família? Não podemos apenas nos apaixonar vivendo esse amor enquanto durar? Porque tem que ser:..."E viveram felizes para sempre!"...Percebo que pensando assim, deixamos de conhecer  outras grandes formas de AMAR...
Mas falemos desse relacionamento duradouro: um casamento de muitos anos... Nesse caso, vejo o AMOR de varias formas: maduro que conseguiu superar vários paradigmas. Companheiro; amigo; irmão; e com o tempo se torna cada vez mais do que simplesmente, PAIXÃO...Amor construído através da continuidade dos filhos ou não, porem, fortificado a cada momento juntos...Esse é o meu tipo de Amor, pois a cada dia passado com meu marido, se torna cada vez mais forte o que sinto por ele...Talvez, algumas pessoas irão pensar: são palavras escritas por uma mulher apaixonada, que só consegue ver o lado lindo do Amor...Então, deixo aqui uma pergunta no ar: Porque não posso realmente sentir um AMOR desse jeito? O que nos torna iguais, a ponto de termos que pensar do mesmo jeito? 
Mas existem outros tipos de AMOR; Amizade; fraternal, maternal e paternal(quando transferimos o amor de mãe, pai ou irmão para um alguém mais velho(a), que nos completa e nos compreende).
 Não podemos esquecer daqueles amores perdidos entre as duvidas, naqueles momentos do descobrimento  da nossa sexualidade...Amor pelo mesmo sexo!
 São tantas as formas de AMOR, quee ficaria aqui escrevendo e descrevendo o dia todo, porem, no momento foram essas as formas mais puras e lindas, ao meu ver, que correspondem ao nosso jeito de AMAR! 

"Sinto que é muito facil, e ao mesmo tempo, muito dificil  falar sobre o AMOR! Pois o simples ato de AMAR, já nos é complicado demais!" (Anonimo)

Simone Martins - 19/04/2011
Minha 2ª edição: Sentimento "AMOR" - Projetos Suas Palavras

10 comentários:

Carla Fernanda disse...

O amor tem muitas formas, cores, sabores ....
Texto lindo e puro do amor!
Beijos!
Carla

Will disse...

O amor ficou desnudo, mas não envergonhado, ao contrário, ficou lisonjeado, com suas palavras.
Abç

| A.Luiz.D | disse...

Amplitude e centelha, amor à gosto..

valquiria calado disse...

Amor, agente precisa de amor...adormecemos as vezes, mas acordamos e declaramos,amor!. bjos.


:"A amizade não se busca, não se sonha, não se deseja; ela exerce-se ( é uma virtude )."

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Com certeza, Simone: o Amor
é o sentimento mais decantado,
na humanidade:ontem, hoje e sempre!
A sua crônica, sobre ele, foi pura,
verdadeira e belíssima...
Amei!
Bjos
Lúcia

Maria Marluce disse...

A sua crônica transborda o mais puro dos sentimentos. Boa noite, bom dia feliz páscoa.

Veronica...ઇઉ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Veronica...ઇઉ disse...

Oi Simone, que lindo post !

O amor de varias formas sendo amor é maravilhoso! Ótima noite pra você beijos.

✿ chica disse...

O amor tem várias formas de se manifestar mesmo...E quando ele existe, realmente, é o máximo... Ótima participação!


beijos e adorei teu comentário dos personagens! Lindo dia!chica

blog da Paraguassu disse...

Olá Simone,
Como é bom aprender. Somos sempre,no decorrer de nossa jornada, aprendizes a buscar conhecimentos e ensinamentos. Belo, seu blog.
Transmite paz e amor.
Gostaria que me visitasse em meu espaço, que se tornasse minha seguidora e que deixasse um comentário em meu post. Ficaria muito feliz.
Uma Páscoa com muita paz e luz para você.
Beijos,
Maria Paraguassu.