terça-feira, 16 de agosto de 2011

Coraçao Anarquista!

 
Chão e terra batida!
E na batida do coração,
Pode-se sentir o chão.
Deitados nesse mesmo chão.
Terra envolta no corpo,
Ou corpo absorto na terra.
Chão e terra no corpo.
Corpo e terra, no chão!
União e interação...
Num único espaço.
Cheiros de gente,
Material escasso.
Natureza morta,
Gente eloquente.
Sons, musica e cor...
Cor de gente, contente!
Terra, corpo e chão!
Gente sorrindo, feliz.
Feliz e sem dor...
Movimentos e gemidos,
Corpos unidos sempre seguindo.
Seguindo na mesma direção.
Agora todos de pé, levantados.
Sem mais sentir teu chão.
O mesmo chão de terra batida,
Corpos envoltos em comunhão.
Sempre seguindo o mesmo ritmo...
O ritmo da batida do coração!
Vejamos a multidão:
Aglomeração! União...Integração!

Simone Martins
16/08/2011


20 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo seu poema, gosto muito do seu jeito intenso de escrever.Beijos

✿ chica disse...

Lindo sempre,Simone! um beijo,tudo de bom,chica

Ives disse...

A vibração do chão em nossos corações, lindo! abraços

Sandra Puff disse...

Lindo esse teu poema, Simone!
Há tantas interpretações nele, senti as pessoas em marcha em procura de seu pedaço de terra que lhes é de direito.
Um beijo,
sandra,

Catia Bosso disse...

Essa batida foi muito boa!!!!

bjsss meuss

Carla Fernanda disse...

O coração da terra ns batidas do coração em uma imensa comunhão Simone.
Lindo!!
Bom dia!!
Carla

Maggie May disse...

seguindo um mesmo ritmo, seria esse o segredo da harmonia?

beijo Si!!!
adoro teus escritos!

AquilesMarchel disse...

ter poesia no coraçao as veze sé um peso
pra voce é dadiva
gostei muito

^^

coração e vibração

positiva

AquilesMarchel disse...

o coração procurando seu lugar no mundo

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Na sua poesia,há vida...o coração
vibra, pelo amor, alegria e vigor.
Há uma comunhão perene e harmônica,
no seu modo suave e belo de nos trazer palavras...
Lindo, esse "Coração Anarquista", Simone!

Beijinhos
Lúcia

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Simone.Muito interessante e intenso o seu poema, sempre bonito como os outros.
Um beijo, e fique com Deus!

Daíse disse...

Coração anarquista faz nos sentir sempre vivos!!!
Adorei !!!
Bjo!

MARILENE disse...

Se seguirmos o ritmo do coração, encontraremos, realmente, a integração. Esse pulsar é vida, é união.
Muito lindo!

Bjs.

William Garibaldi disse...

Isto me lembra, que estamos ligados ao coração da Terra!

Lindo!
Vivo!

Simone, se puder, me dá uma força lá nos comentários do meu Blog de carnaval hoje?

:P !

http://sonhodecarnaval.blogspot.com/

Bjus amiga!

Malu disse...

A figura humana sempre agarrada a ENERGIA do planeta TERRA.
E você soube muito bem passar isso neste poema que eu deiria ser mais uma música pois pude ouvir os sons.
Abraços

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Bom dia querida Simone

Lindo poema...
Como sempre néh?
Tudo que leio por aqui me trás os mais bonitos sentimentos.

Beijos
Ani

Yasmine Lemos disse...

Adorei Si.Parece uma dança linda.
beijo grande

Carla Fernanda disse...

Simone sópessoas especiais e intensas como você escrevem assim querida.
Lindo!
Beijos e boa tarde!!
Carla

Maria Luisa Adães disse...

Intenso e forte seu poema!Gostei!

A encontrei em Evanir e escrevo poesia. Talvez gostasse do que escrevo...quem sabe?

Maria luísa

Cadinho RoCo disse...

Delicioso ritmo cardíaco afetivo.
Cadinho RoCo