quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Vale a pena ler!


Escrevo porque estou viva.
E no meu escrever  desabafo.
Coloco em forma de escritas,
Meu presente e passado...
Amores únicos e clandestinos,
Saudades daqueles que amamos.
Mapas de novos caminhos,
Papéis amassados que deixamos.
Desenhos, rabiscos, poemas...
Lamurias de adolescentes.
Devaneios, delírios e senhas.
Telefones, endereços, e-mails.
Um dia a dia eloquente.
Adolescentes contentes!
Suas páginas: nosso confessionário.
Guardamos ali nossos segredos,
Todos os nossos tesouros.
Todas as nossas paixões.
Diário das Quatro Estações!

Simone Martins
18/08/2011

Cliquem no link., abaixo e visite o ...Estação Zero!
http://francysoliva.blogspot.com/2011/08/promocao-voce-inventa-e-talvez-voce.html

18 comentários:

cidinha disse...

Olá, Simone. passando por aqui. Adorei seu cantinho. Realmente vc tem um jeito todo suave de escrever! Belas imagens! Aqui tem muito carinho. Obrigada pelo seu carinho. Já estou te seguindo! Grande abraço.

Maggie May disse...

que lindo! e assim com belas palavras vamos divulgando este belo exemplar!

beijo!!!

Catia Bosso disse...

Atual, moderno e doce... Poderia haver construção melhor? Bravo!!!!


Bjs meus

CAt

Catia Bosso disse...

Atual, moderno e doce... Poderia haver construção melhor? Bravo!!!!


Bjs meus

CAt

Catia Bosso disse...

Atual, moderno e doce... Poderia haver construção melhor? Bravo!!!!


Bjs meus

CAt

Artes e escritas disse...

As quatro estações são bonitas de se viver. Um abraço, Yayá.

Paulo Francisco disse...

Este poema tem um ritmo muito bom
Um beijo grande

Universo Paralelo disse...

É na escrita que deixamos sair de nós os melhores sentimentos, um desabafo em forma de versos, lindo, beijos e bom dia!

APAIXONADA disse...

LINDO AMIGA OBRIGADA PELO CARINHO

Su disse...

linda poesia moça...

e ótima dica de leitura, depois vou conferir... à noitinha venho ver o seu "azul"

beijinhos no coração.

Su.

Majoli disse...

Um modo mais do que suave de se escrever, um bálsamo para os olhos e para o coração.
Delícia de poesia minha querida amiga Si.
Brigadinha por seu carinho para comigo.

Beijos enormes no teu ♥

Carla Fernanda disse...

E um diário de sorrisos e lágrimas, esgrimas, espadas... de uma vida de batalhas, coragem e vitórias.... detalhes que distrem o coração nos trazendo emoção...
Muito bom Simone!!

Carla Fernanda disse...

Bom dia querida!
Sei muito bem do que você falou no meu blog Simone...M U I T O... mais do que possas imaginar...kkk
Tamos ai ainda...kkk...e vivas!!!!
Tin tin!!

Luiza França disse...

É verdade Simone, diário de 4 estações.

As vezes é bom fazer a experiência de reler o que passou, certamente riremos um pouco daqueles papeis ja amarelados que certo dia foram borrados por lágrimas. É sempre assim!

Linda forma de escrever!

Bjssss

luiza
www.barracodevidro.blogspot.com

MARILENE disse...

E assim, o papel em branco vai sendo tomado por todas as emoções, de forma poética e encantadora.

Bjs.

Malu disse...

As estações, cada uma delas trazem seu encanto e em cada uma delas um poemar diferente - palavras frescas para o verão, quentes para o inverno, coloridas para a primavera e suaves para o outono.
Gostei deste belo poema.
Abraços

Valeu a pena ler...

Francy´s Oliva disse...

Belo poema, agradeço a sua participação.
bjs

C. disse...

Que belo confessionário, Si!