quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Tormenta!




Foto montagem

E o poeta chora...
 Diante da foto de tua Musa.
Passado tantos anos,
teus olhos continuam afixados
na imagem amarelada.
Em seu intimo no silêncio,
esconde, sentimentos, verdades...Segredos!
Mas a imagem, quase apagada, insiste
em atormentar a alma do poeta!
E a musa da tal foto,sorri e pensa:
...Que pena não poder ler teus sentimentos
hoje, eu iria me sentir muito melhor, pois tuas
palavras aquecem minha
alma e meu coração...
Quem sabe amanhã?

(Rosa Azul)

10 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Tudo bem,amiganja?
que lindo...esta , por incrível ,que pareça, é o meu modo de inspiração.As imagens apagadas, amareladas ou rasgadas,me faz INSPIRAR...FELIZMENTE OU INFELIZMENTE!
Obrigado pelo carinho de sempre!
Boa sexta feira!
Beijos
fui...

Blog da Titia disse...

Amigaaaaa voltei com a mala cheia de saudade de tu. E já chego em grande estilo, lendo uma poesia lindíssima cheia de nostalgia e de beleza. Que musa linda, hein???
Um xeeero negona. Eu te amodorooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!!

José María Souza Costa disse...

Lindo, lindo....Fenomenal a sua postagem. Amei de verdade. mas, de verdade, estarei mesmno é sempre grato, por voce ter comentado no meu blogue. Podes ter certeza que tornaste ele mais elegante com o seu comentário.
abraços, e felicidades sempre.... Hum, bom fim de semana

Mary disse...

Lindo demais!
a sensibilidade de um poeta é tudo isso mesmo que esta nesse lindo poema.
Brigada linda por visitar e comentar no meu blog.
Volte sempre q possível.
bjos e um ótimo fim de semana

Ju disse...

Só vim aqui pra dizer que te admiro muito, em demasiado...
Sempre que leio me impressiono com tuas palavras...
Simone te adoro obrigada por tudo minha amiga, obrigada de todo coração...
Me ausento por que as vezes me sinto fraca até para escrever, e esses dias não tem sido fáceis...
Mas espero que de algum modo eu consiga transferir meu carinho a você, não há um dia de minha vida que não pense em ti, não há um dia que você não passe por meu coração, espero que você possa sentir todas as vezes que isso acontece... é só olhar meu violão, e começar a tocar e você já está presente em todos os sentidos, quando me perguntam quem me deu, falo com todo orgulho da minha amiga Simone, da amiga que realizou meu sonho cor de rosa...
Obrigada por tudo, você já faz parte da minha história...
Bjussss

Olinda Melo disse...

Querida Cecília

Voltei de férias e venho agradecer a linda mensagem que me dedicou no Dia da Amizade e do Amigo. Fiquei muito sensibilizada.

Adorei este seu poema, dedicado ao Poeta que guarda em si mesmo tantos sentimentos e espera ainda pela sua Musa...

Beijinhos

Olinda

Lorde Canhoto disse...

Gosto de blogs assim ,que transborda poesia...

Um beijo grande !

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o Blog !

Embora tenha visto rapidamente, gostei bastante e te convido para conhecer, seguir... meu espaço:

http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

Muito Obrigada, desde já !

edumanes disse...

E o poeta a chorar
Dos olhos lágrimas correr
Pelas faces sem parar
O que estará a acontecer!

Estará a imaginar
Para seus versos escrever
No rosto de Simone MarnS2 olhar
E bom dia de domingo para ela dizer!

É o que eu vou fazer
No rosto dela não olhar
Porque o não estou a ver
Mas posso imaginar
Que muito linda ele ser!

Também como ela vou dizer
Me empolguei em teu poema
Te cumprimentar é um prazer
Sem precisar mudar te tema!

Não teima comigo não
Não me faças por ti apaixonar
Não deixa ferir o teu coração
Com sonhos de embalar!

Desculpa minha amiga
Por assim te falar
Sou sincero, em mim acredita
Nunca uma amiga iria magoar!

E assim pensa o poeta
Que poeta não ser
Mas o honesto se confessa
E as verdades te dizer!

Se queres o nome dele saber
Vai ao rima blog eu te dou uma flor
Tudo ele te dará quando te conhecer
Tu mereces ser feliz com o teu amor!

Afinal me empolguei
Mas no caminho não
Não te esquecerei
Amor do meu coração!

Vou partir meu amor
Teus lábios vão sorrir
Quando eu te der uma flor
Que em meu jardim está a florir!

Bom domingo
um abraço para terminar
Teu carinho bem vindo
Um beijo te enviar!

Eduardo.

Silvia C. disse...

Amanhã não!!! quero hoje!

Adorei o poema!