sábado, 29 de novembro de 2014

Ela...versos...ela!


FOTO: GOOGLE


Ela e meu inverso...
Meu eterno reflexo,
num espelho antigo.
Meu lado oposto
escrito num livro...
Sao minhas memorias.
Meu eterno castigo,
descrito numa historia
de choros e risos!
Linda e livre...
Sorriso maroto.
Jeito feminino, suave.
Rosto lindo, encantador.
Juventude ora roubada,
anulada num romance.
Amor fabricado, sem lance.
Beleza natural, não fabricada.
Perfeita... Constante!
Romance...
Ela respira e ama...
Não tem medos,
nunca reclama!
Aceita o que vier,
quer amar e viver...
Mas não quer viver,
para Amar!
Quer ser Amada,
Idolatrada, desejada.
Nada serio.
Menina ama menina...
Menino não te Ama!
Mistérios!Sacrilégios?
Insanidade na esperança.
De ter apenas, felicidade...
Numa Vida doidivana!

- Rosa Azul -

Um comentário:

Maria Rodrigues disse...

Belissimo poema.
Hoje venho especialmente para desejar a si e a todos os seus familiares e amigos, um Natal muito Feliz e que o Novo Ano seja repleto de alegria, saúde, paz e amor.
Beijinhos
Maria