terça-feira, 14 de maio de 2013

Saudades da inspiraçao.

 
 
FOTO: GOGLE
 
 
Em noites de outono,
quase não durmo.
Tenho insônia...
A madrugada se torna longa.
Nada me consola.
A luz fraca do abajur,
ilumina meu rosto,
revelando minha angustia
perante o teu abandono.
Onde, nas sombras se escondem,
meu corpo, meus sonhos...
No silencio da noite,
ouve-se apenas,
as batidas do coração.
Num ritmo frenético que,
 acompanham meus pensamentos.
O sono não chega...
O silencio que sinto
revela a tua ausência.
Uma lagrima cai de leve,
pousa suavemente em meus lábios...
É o choro da alma.
No quarto, o silencio ensurdecedor.
Adrenalina nas veias, sangue pulsando.
Desejos, delírios, devaneios...
Na parede vejo, sombras que permeiam,
movendo-se numa dança continua,
formando imagens estranhas, insanas.
Real ou fictícia...Loucura!
Sinto minha alma, semidesnuda,
chorando e implorando
pela visita da alma tua.
Sentindo saudades, sinto também que,
a solidão me abraça, me acalenta.
Zomba de mim...Sorri!
Aconchegada ao nada, adormeço.
Durmo, sonho, padeço...
Nada mais vejo!
 
-Rosa Azul-


7 comentários:

wcastanheira disse...

_A madrugada se torna longa.
Nada me consola.
Um belo momento da tia Si, confunde-se no poema a realidade e o delírio, mas espero q seja um belo delírio, q suas noites sejam de um belo sono ou q apenas em alguns momentos dela a poetiza acorde e transcreva seus anceios do mundo do faz de conta para o papel, pra vc minha linda bjos, bjose bjossssssssssssssss

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde
Amiganja
... a sua saudades da inspiração fez um belo poema, a saudade te deu uma bela inspiração. Parabéns!Eu gostei!
Obrigado pelo carinho de sempre
Boa semana!Paz e luz!
Beijos

edumanes disse...

Rosa Azul, não te engano
Saudades da inspiração
Em noites de outono
Tu e o teu coração
Amiga, vive a tua vida
Bem à tua vontade
Rosa Azul tão bonita
Tem que ter liberdade
É verdade, acredita
Sem amor não há felicidade
Rosa Azul, às vezes some
Mas, não esquece seu amigo
Não diz nada e foge
Leva as saudades consigo!
Obrigado amiga, pela visita
Boa noite e um abraço
para você, deste amigo
Que também não te esquece!
Eduardo.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia
Amiganja dos Bjinhos
carinhosos
agradecendo pelo carinho da visita, obrigado!Desejando uma bela sexta feira,paz e luz!
Beijos

Filha do Rei disse...

OIII!LIndo poema.
Tenha um abençoado fim de semana.Bjss

silvioafonso disse...

.


Tudo o que eu faço é por
ela pois sem ela nem o
universo teria a grandeza
que tem.

Saiba mais, no meu blog,
hoje.

Beijos,

silvioafonso









.

Ju disse...

Minhas amiga... Muitas saudades de ti. Nunca mais nos falamos... Não esqueço nunca de vc, falo de ti para todos, nem te conheço pessoalmente, mas o carinho que tenho por ti é de uma amizade sincera e eterna... Não some de mim. Mas uma vez te agradeço por tudo, pelo carinho... Estou me afastando do blog devido as circunstâncias e ou outras coisas tbm... Já não tenho mais tanta força para digitar, as dores são cruéis e meus punhos não suportam mais q algumas poucas palavras... Não esquece de mim amiga, eu nunca esqueço de vc... Bjus