quinta-feira, 31 de março de 2011

Sou alguem a procura do meu eu...



"Viajo em meus pensamentos, mesmo quando estou sem inspiração!"
Em meu mundo, sinto-me estranha e única...Sempre caminhando em busca da felicidade... Acompanhada da solidão e das duvidas...Mas meu caminho nunca foi de tantos desvios...Pois sempre sabia onde queria chegar...Mas as duvidas que povoavam meus dias e meus pensamentos...Me impediam de enxergar meu destino...Sou uma pessoa única em meus desejos...Sou uma pessoa única a procura de mim mesmo...Sou leve, pura, atenciosa, prestativa e altruista...Se o momento assim o desejar, Sou assim!...Se surgires obstáculos em minha vida...Tenho a certeza, de que irei superar, avançar!...Aos poucos, conseguirei através dos meus tropeções, conquistar a minha liberdade e assim, poder voar bem alto...Para bem longe!...Sem jamais esquecer, o quão as pessoas me ajudaram, com
exemplos vivos de sabedoria e organização da própria vida...Destino? Acredito, mas seu eu não me dispor a correr riscos, não conseguirei muda-lo a meu favor, pois a felicidade deve ser vivida, em cada pequeno instante de forma intensa e total...É preciso muita sensibilidade para senti-la! Acredito que hoje, mas do que nunca, estou forte o suficiente para seguir novos caminhos... Irei galgar nas mais profundas experiências ate conquistar de vez: a tal felicidade, que muitos procuram, sem jamais encontrar... Sei que a vida nos envia pequenos sinais...É preciso estar atenta, afinal somos donas de intuições poderosas capazes de mudanças... E a todo momento, a vida nos mostra tudo com detalhes e sabedoria... Somos seres humanos a procura da auto estima para poder sobrevivermos... Somos pessoas lindas de alma pura, povoando nosso mundo... Façamos por merecer então: tão divinos ensinamentos, onde através de nossa evolução, conseguiremos um envolvimento maior...Nem sempre a vida é fácil, e os paradigmas são muitos a serem enfrentados...Mas com perseverança e fé em DEUS, superaremos todos!
          Sabendo usar de inteligencia, paciência e altruismo... Venceremos mais algumas etapas conquistando a sabedoria, afinal somos pessoas dignas do amor de DEUS!...Nunca esquecendo que: as vezes é preciso calar e ouvir mais as pessoas, para que nossa consciência possa assimilar e captar os pequenos  sinais, para novamente...podermos caminhar e se desprender dessa Solidão!

PS: Momentos de devaneios sem sentido, porem, sentindo a sensação de paz interior...  

Simone Martins - 30/03/2011         
         

terça-feira, 29 de março de 2011

O dia seguinte...

"Quero ser feliz, nem que seje por um dia, pois o amanhã a Deus pertence!"

O dia chegou claro, limpo e fresco...Levantei e corri abrir a janela...Na varanda posso sentir o vento...Meus cabelos voam e me deixam desalinhada...Não tem problema, o que importa é que estou na janela...Vendo a vida passar por mim e me dando Bom Dia!...Vejo muitas pessoas indo trabalhar e me da uma preguiça gostosa e vontade de faltar...Como andam apressadas?...Estão atrasadas e com o semblante pesado...Já acordam de mau humor e ranzinzas...Eu não, acordei feliz e satisfeita com a noite passada...Dormi enrolada em lençóis perfumados e coloridos...Dormi com o friozinho do ventilador batendo em meu corpo...Dormi e simplesmente... dormi!...Não tive sonhos e nem pesadelos, porem, o calor era tão intenso!...Na verdade, só consegui dormir, depois que tomei um banho demorado, gelado...acompanhado!...Rápido, pois já era tarde demais, madrugada agitada, acalorada...Deitei-me e  relaxei...Dormi o sono dos anjos e acordei com alma de criança...Com vontade de dançar...cantar...correr e brincar....Quem sabe mais tarde tomar um sorvete e me lambuzar...Quem sabe ver TV, desenhos animados e voltar ao passado....minha infância....Quem sabe não fazer nada, só sair na janela e ver as nuvens mudando de lugar, formando imagens que só as crianças conseguem decifrar...Acordei feliz e cheia de vida....Quero sair da rotina, quem sabe ir ao cinema, ver um bom filme...Dar bom dia, para todos que cruzarem meu caminho....Estou tão feliz e radiante que poderia pular de pára quedas, mesmo tendo medo de altura...Gostaria de tomar um belo banho de chuva...Tive uma noite quente, acalorada e abafada, mas acordei como uma borboleta com alma de criança...querendo quebrar regras e normas...desafiar a sociedade usando roupas coloridas, misturadas, belas...como fazem as crianças!...Acordei com alma de criança e no meu sorriso, vou levar para todos, esperança...Sim, esperança de dias melhores, com amigos melhores e com sabores diversos, darei a todos doces e sorvetes para abrandarem esse dia tão caloroso...intenso! Acordei assim, leve e feliz...acordei com esperanças...acordei com alma de criança!...Estou radiante e feliz...Bem que todos os dias podia ser assim!...Voem, imaginem e brinquem com sua rotina...Curta a vida, pois é bela e curta...E o que vale e marcam para sempre, são os momentos e instantes pequenos, vividos intensamente e que nao se apagarão jamais das lembranças...Digo e repito: hoje  acordei assim...com alma de criança!


Simone Martins - 29/03/2011


Ops! Não é exagero nao...é vida extrapolando em meu coração... e o dia de amanhã, só a DEUS pertence!

Noite de Calor Intenso...


 

"Esta noite esta tão quente e abafada... que me deu a louca de ficar sem nada...sem você!"

Noite muito quente...
Acalorada
Abafada
Amontoada
É assim que eu estava
Rolava para um lado
Rolava para outro
Ia para baixo
Ia para cima
Que desconforto!
Arranco a roupa
Fico leve
Anestesiada
Refrescada
Sentindo-me, livre e solta
Sonho
Acordo
Durmo
Noite quente e abafada
Noite enluarada
Noite extasiada
Calor e fogo
Paixão avassaladora
Noite quente! Noite agitada!
Amor e noite enluarada
Combinam somente
Quando não estou cansada
Noite quente e abafada
Vento...Janela aberta
Frescor no banho
Noite acalorada
Noite terminada!
Agora mais calma
Consigo me aconchegar
E feito conchinha
Durmo e descanso
Noite acalorada
Noite Abafada
Noite Apaixonada!

Simone Martins - 29/03/2011

Fotos: tiradas do Google



domingo, 27 de março de 2011

Arte...pura e simplesmente


REPRISANDO MINHA POESIA...SAUDADES!


Tente decifrar-me só olhando para minhas cores e formas...tente!




Sou rabisco mal traçado:
Cores
Nuances
Curvilíneas
Sou de tons contrastantes
Sou forte
Sou fraco
Sou inconstante
Sou assimétrico e completo
Não tenho defeitos
Não tenho acertos
Não tenho pudor
Sou puro e sarcástico
Tenho virilidade
Sinto o amor
Quero possuir vida
Tenho sua visão ao meu favor
Viverei
Morrerei
Ou ressuscitarei
Para finalizar sem ser banalizada
Tenho vida
Tenho Coração
Tenho a sua Visão!
Diante de tua analise serei:
Louca
Desvairada
Humana
É assim, que vejo e sinto...
A "Arte pintada!"




Simone Martins - 27/03/2011

Ps: Momento inspiração falida e entediada...
(Foto tirada em um consultorio de Raio-X)


Foi um sonho bom...


"Deixe que o brilho do Sol e da Lua invandam sua vida com tons coloridos  do Arco-Iris"

Acordei com a alma leve, depois de uma noite mal dormida...insonia!
E através de um belo sonho, consegui me recuperar da fadiga...
Sonhei que eu estava num lugar lindo e aconchegante e de repente...
Durante a noite o sol me visitou...Não estava tão quente, mas era lindo
Estava de mãos dadas com a Lua...E os dois vieram me visitar
Unidos sem se machucarem...A claridade e a escuridão
O fogo e a paixão dos dois, inundou meu quarto de amor
Senti uma brisa suave chegando. E de leve, meu rosto tocando
Fechei os olhos e tentei segurar o sonho...Sim! Só poderia ser sonho.Um lindo sonho!
Selei meus pensamentos e tranquei minhas duvidas...Queria somente aproveitar cada instante
Continuar ali sentindo o pulsar do meu coração...O sangue bombeando vida para meu corpo
O calor do Sol era suave e aquecia minha pele...de leve...A Lua iluminava minha alma e a deixava tranquila
Abri vagarosamente os olhos e vi uma imagem linda....colorida!...Entrava de repente no meu quarto: um imenso Arco-íris...Era lindo! Como um enorme arco translúcido, me cobria toda, me protegia!
Parecia que os anjos estavam sentados sobre ele...Não aguentando tanta felicidade: Chorei...chorei muito!
As lágrimas tinham sabor adocicado, escorriam pelo meu rosto...Senti uma mão me acariciando, firme e forte...Um acalento que emanava energias positivas e que me davam forças para continuar, seguir em frente!
Senti uma presença sob-humana...Senti a presença de DEUS! As pernas tremulas e quase envergando. Rodopiei e cai...Cai lentamente...Cai como se estivesse flutuando...Mas ao tocar no chão, era como se algo me segurasse...era como se estivesse sobre braços fortes...sobre uma grande proteção!
Alguem naquele momento me segurou...me amparou...me auxiliou...Me trouxe vida novamente
Pela ultima vez abri os olhos e vi ao meu redor, vários anjos...todos de branco...todos me olhando!
Almas límpidas e puras estavam ao meu redor, cuidando para que eu não sofresse
Olhei mais uma vez...O Sol e a Lua; O arco-íris; os Anjos; A brisa bem de leve se foi, sobrou o acalento
Deitei-me de lado e como se estivesse dentro de uma concha...me encolhi e dormi
Cheiros fortíssimos de rosas abrandavam pelo comodo, agora, frio e escuro, porem, tranquilo
O dia foi chegando e os raios do sol adentraram pelas frestas de minha janela
Não quero acordar. Quero e preciso descansar, sonhar com novos tempos e sem sofrimento.

Simone Martins - 27/03/2011

Fotos: tiradas do Google


sábado, 26 de março de 2011

Te encontrei!


"Na simplicidade, te encontrei e humildemente, me apaixonei..."


Passando por aqui hoje
Consegui te encontrar
Senti nesse exato instante
O amor nascendo em meu peito
Não sei como fazer
Não sei como agir
Só quero te dizer
Que espero te ter
E não mais fugir
Mante-lo sempre
Em minha vida
Em meu coração
Sinto que meus dias
Foram feitos só para ti 
Não deixe para mais tarde
O mundo é nosso agora
Eu quero é só você
É grande o meu amor
Quero ama-lo para sempre
Sinta e veja em meus olhos
O que sinto simplesmente
É imenso e verdadeiro
Gritarei ao mundo nesse momento
Que Eu Amo Muito Você!

Simone Martins - 26/03/2011

Ps:Simples e singelo

Alma judiada e julgada

"A lágrima quando cai, num momento de sofrimento, limpa a alma e nos traz ensinamentos!"
Sabe quando você não quer ouvir mais nada, ver mais nada, não quer ninguém por perto, nem mesmo o silêncio? Pois bem, foi assim que acordei hoje, sentindo meu coração rasgando e sangrando...As lágrimas brotavam sem nenhuma vergonha e caíam por sobre meus lábios...Senti um arrepio medonho em minha alma...Senti vontade de sumir por um tempo...Vozes ecoavam na minha mente e no meu pensamento...Palavras que soavam malditas e sem merecimento...Por que as pessoas gostam de nos fazer sofrer?...A resposta nunca saberei, pois o ser humano, a cada dia que passa me surpreende mais e mais...Me assusta ver que algumas pessoas gostam de nos ver sofrendo...Pessoas que não tem noção do quanto dói pisar ou magoar um coração...Vivo em constante provação dos meus atos...Tida como louca, individualista e solitária sem motivos para tal...O que me classifica assim? O fato de eu estar sempre de bem com a vida...Estar sempre de bom humor, rindo e cantando? O que te faz querer me subestimar e menosprezar tanto? Essas são perguntas que somente serão respondidas, no dia que fechar meus olhos e partir para outra vida...É triste saber que as pessoas nos valorizam apenas depois da morte...É triste querer amar o próximo, sem interesses, sem causar mal estar em alguém...É triste saber, que o simples fato de "eu"ser feliz, te incomoda e causa inveja...Chorei muito e as minhas lágrimas serviram para limpar todo mal de tuas palavras...Chorei o tempo necessário para compreender que: tu sofres demais e ainda assim, não consegues nunca se encontrar...Chorei e pedi a DEUS alivio para minhas dores do coração...Chorei pedindo graças e perdão para quem me magoou...Senhor, tende piedade desta pessoa, pois ela sofre e não sabe o que faz...Com o coração aliviado, segui meu caminho sem jamais desejar o contrario ...Depois de muito chorar, me vi diante do olhar de uma criança...Pura e sem nenhum entendimento para meu choro, ela sorriu e disse:
-Não chora mais professora...Vou pedir para...?... não brigar mais com você! Nesse momento, senti a presença de DEUS naquela criança, respirei fundo e dei-lhe um sorriso e nosso dia continuou e terminou tranquilo...


Simone Martins - 26/03/2011


Ps: Chorar faz bem e limpa a alma, mas nao precisa me fazer chorar toda hora!

quarta-feira, 23 de março de 2011

Hoje acordei meio assim...

"Acorde! Traga para a sua vida um novo acorde e novas melodias... Conseguiras assim,   momentos felizes e coloridos e jamais sentiras seu coração dolorido!"

Acordei com alma de borboleta...Querendo uma transformação linda e sutil...Vou vestir-me de verde esperança...Vou andar pelas ruas sempre sorrindo...Quero cumprimentar idosos e crianças...Quero me ver hoje, como um ser lindo! Durante o dia sou assim mesmo....Saio para a vida com vontade de caçar alegrias...Com vontade de beijar as arvores e fazer carinho nas flores...Como a borboleta, quero voar para bem longe...Quero ver gente feliz e, se nao estiver: farei com que fiquem! Quero sentir o vento batendo em meu rosto...Quero deixar em tua memoria, o meu semblante vigoroso...Estou com vontade de beijar os labios do meu amor e nao pedir nada em troca....somente beijá-lo...Se for correspondida, ficarei feliz o dia inteiro...Saberei que para ti: ainda sou seu amor verdadeiro...Acordei com alma de poeta e coração de menina...Me sentindo leve e estonteante com o calor do sol...Querendo tomar banho de chuva...Querendo sentar na grama  e meditar por um tempo...Quero dormir, cochilar e sonhar com outros tempos...Tempos de outrora, felizes e marcantes...Onde um dia quando criança, eu vivia momentos de pura fantasia...momentos intensos de pura harmonia...Acordei meio assim...Meio zen...Querendo ver o meu amigo para dar-te aquele abraço forte e coladinho em seu coração...Querendo dizer-te: se depender de mim, nunca ficaras sozinho...Nunca ficaras sem um alguem...Hoje, acordei com alma de anjo: querendo proteger voce! Quem me dera se todos os dias pudesse acordar assim, com alma de Querubim...Querendo doar meu tempo para fazer alguem feliz...Hoje, eu acordei assim...Nao querendo ser outra pessoa, mas querendo ser a vida e transformação de outro ser...Pois, nessa minha jornada eu costumo dizer:...A vida é bela e feita de pequenos instantes...Viva cada um desses momentos com tamanha intensidade...Que chegue ao ponto de sentir seu coração doendo de tanta felicidade...Uma dor suportavel, pois se trata da dor de Amor! Hoje eu acordei, mas queria ainda estar dormindo...Pois ao acordar, deixei de sonhar com todos esses momentos divinos!

terça-feira, 22 de março de 2011

Meu grande amor...minha tortura!


"As lagrimas teimam em cair e dia e noite, choram por ti!"

Meu coração ainda chora 
Sabe que meu amor é verdadeiro
Meus olhos escondem um segredo
E as lagrimas teimam em cair 
Deixam meus labios molhados
Escondidos atraves do sorriso
Que teimam em existir
Te sinto ao meu lado
Te sinto por perto
Mas sempre afastado
Nunca aqui tao junto
Te sigo no vento
Te olho no escuro
Te guardo em pensamento
E nunca te assumo!

Simone Martins - 22/03/2011

Amor, serei sempre voce!

"Na parede branca e nua...Vejo voce...Sempre voce...Um forte  Amor brilhando em meu coração!"


"Manhã silenciosa, fria e nublada...Voce se foi e nem olhou para tras...Saiu apressado, estava atrasado...Deixando nesse local, seu rastro...Um perfume que inalo para te sentir por perto...Vou ate seu quarto...Olho os lençois desarrumados...Sinto seu cheiro em seu travesseiro...Sinto ainda sua presença...Deito-me, aconchego-me, começo a sonhar...Lembranças das lindas noites que tivemos e começo a chorar...Sonho com aqueles tempos de muito amor e paixão...Onde diziamos estar eternamente apaixonados...Onde prometemos juras de amor e comprometimento...Levanto-me rapido e olho o relógio...Como as horas passam depressa...e assim, depressa, tambem passou o nosso amor...Caminho pela casa sem rumo...Caminho de encontro a solidão...Mas um dia sozinha, sonhando com melhores dias...E quem sabe, esperando pelo seu retorno no fim do dia...Pois minha vida se resume em esperar voce...sempre voce!...Concordo que poderiamos tomar as redeas do amor...Mas será que é isso o que queremos? O Amor para ser vivido intensamente, tem que existir um pouco de sofrimento...Assim, valera a pena lutar por ele...Faço isso por longos anos e nao me arrependo...Amo eternamente e sofrerei o tempo que for preciso...Mas do lado do meu amor, nunca me desprenderei...Somente a Morte irá nos separar, mesmo assim, acredito em Amor alem da vida e tenho a certeza, que iremos nos encontrar novamente um dia...Se preciso for, procurarei por ele em outra dimensão... E novamente, juntaremos nossos corações!"


Simone Martins - 22/03/2011



segunda-feira, 21 de março de 2011

Eu e meu Anjo da Guarda!

https://lh4.googleusercontent.com/-s-NNKnVA9uA/TYgGVsYpKgI/AAAAAAAAAK8/eOvHgNzNITI/s200/anjo.jpg


Noite fria e quieta...
Sinto-me presa nessa casa
Estou sozinha e inquieta
Teimosa... vou ate a janela
Ouço passos no terraço
Sinto cheiros trazidos pelo vento
Vejo uma sombra se aproximando
Tento segurá-la, mas nao consigo
Peço e imploro para que fiques comigo
Noite quente e enluarada
Estou agora acompanhada
Não me sinto mais sozinha
Estou cá com meu Anjo da Guarda!
Sinto uma enorme paz e tranquilidade
Em seu semblante calmo e paciente
Ouço um coral de anjos flutuantes
Tento acompanhar mas minha voz se calou
Noite fria e quente
Quieta e enluarada
Ca estou com meu Anjo da Guarda
Danças comigo?
Cantareis contigo!
Olha-me dentro da alma
Toca-me fundo no coração
Sinto-me viajando na imensidão
Vejo-me com os olhos da purificação!
Noite...Quieta...Quente e Enluarada...
Estou ca sentada com meu Anjo da Guarda!
Nao me sinto mais na prisão!
Não me sinto prisioneira de nada!

Simone Martins - 21/03/2011

Aceitem esse convite...

domingo, 20 de março de 2011


Um convite...


 Eu convido você para voar em meu barco azul, vamos deixar o mundo em que... nem você nem eu acredito, vamos viajar essa nuvem negra ... Vamos ver os planetas e novos mundos aos nossos pés, vamos estar no lugar para voltar a viver, o medo já não é apenas ter paz, a lua vai nos guiar e só os nossos corações nos dizem onde parar ... Sozinha em um mar de amizade, devemos fazer, nós conquistamos nossos próprios sentimentos para vir ... Venha, eu convido você para sonhar a nossa liberdade, deixe-nos sonhar e nunca mais voltar ...

Manuel Piñeiro (um amigo muito querido)
 
Postado por: Perola

quarta-feira, 16 de março de 2011

Um Abraço Forte...Amigo

"Um abraço de amigo com sinceridade, dura uma eternidade!"

Eu queria tanto poder abraçar um amigo
Deitar sua cabeça em meu colo e cantar baixinho
Canções de ninar que o façam dormir e descansar
Fazer cafune passando meus dedos por entre seus cabelos
Fechar-lhe os olhos com carinho para que não me olhes
Pois meu olhar triste e de acalento pode te entristecer
Sinto uma enorme vontade de abraça-lo e protege-lo
Mas o tempo não chegou para nos num momento certo
Estamos muito distantes um do outro para nos unirmos
Nossa amizade e pura, sincera mas apenas por alguns segundos
Depois cada qual vai seguir seu caminho sem olhar para trás
Ah, meu amigo de horas marcadas com o destino
Quantas vezes senti vontade de procura-lo para dizer
Que talvez em outra encarnação eu conheci você
E que agora, nessa nova vida cheia de turbulências e desencontros
Descobri que podíamos quem sabe ter sido...grandes amigos!
Mas assim mesmo eu me sinto feliz em te-lo por perto
E sei que se precisar de um abraço forte, porem, suave e carinhoso
Poderei bater em sua porta, chama-lo e ganhar o meu abraço
Cada vez que nos abraçamos sinto uma enorme vontade de não solta-lo
Mas a hora que nunca é certa, nos separa e nos manda cada qual para o seu lado
Meu amigo dos abraços confortantes, conflitantes e duradouro
Estarei sempre por perto para ampara-lo caso precise de um abraço meu
Não tenha medo...não tenha receio, pois se precisares e só me chamar...
Durmo agora tranquila e serena...pois em pensamento consegui te visualizar
Dando-me aquele  abraço coladinho em meu coração e que me enche de emoção
Que DEUS o abençoe e conserve seu jeitinho meigo, doce e carinhoso
Pois se um dia... perder seus abraços...me sentirei perdida... em minha solidão!


Simone Martins - 16/03/2011

"Dedico esse texto ao meu amigo: Luiz Fernando, o dono dos abraços
que só tenho de vez em quando, porem, duram por muito tempo na lembrança
e que trazem de volta, as minhas esperanças de dias melhores e mais reconfortantes!

Novamente sozinha...

"Solidão quando adentra minha alma, me faz sofrer e perder  a calma"



Olhando essa foto me senti sozinha
Fui ate a janela e olhei a noite la fora
Pensei em te telefonar... perguntar como estavas
Pois meus olhos querem te ver...te olhar
Ver o meu mundo através do seus olhos
E poder assim, me confortar
Tentar esconder o que aconteceu
Pois se tento abafar meu desespero
É porque o fogo das minhas chamas
O fogo dessa paixão intensa
Se apagou naquele exato momento
Em que tudo virou tormenta
Não consegui ultrapassar a janela
Mas saibas que ainda sinto o teu cheiro
Que ainda sonho com teus beijos e carinhos
Eu não vou me afogar em tuas lágrimas
Nem sequer mostrar-me em prantos
Pois sei que não queres partir
O que queres nao é o melhor para ti
Olhe para minha janela...
Olhe dentro dos meus olhos
E veja que ele esta te observando
Abra-me a janela de tua alma e sorri
Mas nunca antes da hora de partir
Ainda assim, quero não pensar
Que tu aprisionastes meu coração
E agora que pertence a ti
Desiste e não o quer mais
Será que tu não sabes o que é amar?
Ou será que o que te faz bem
É ver meu coração a sofrer
E vê-lo se entregar a solidão
Enquanto tu partes sem voltar
O vento bate a minha porta
Mas eu nao quero sair da janela
Sem antes te ver passando por ela
Sem conseguir entender
O que voce me passa alem dela
De repente, sem pensar em nada
Destranco a porta do meu coração
E deixo que venhas para minha prisão
Que no passado era onde moravas
Eu, tu e a nossa paixão
Tentaremos sair dessa escuridão
Onde outrora vivemos e nos amamos!

Simone Martins - 16/03/2011

terça-feira, 15 de março de 2011

Porque tantos porques?

"Aqui teclo as minhas duvidas e perguntas ao coração..."

Porque ao teclar sobre meus sentimentos
Fico assim, meio tonta e emocionada?
Porque ao tentar me colocar em minhas escritas
Percebo o quanto sofro e não faço nada?
Porque ao tentar descrever tantas emoções
Pareço querer arrancar as dores do meu coração?
Porque ao invés de ficar aqui teclando e devaneando
Não tento buscar soluções e tentar entender minhas aflições?
Porque ao pensar em ti, na tua vida e nas tuas lamurias
Eu consigo me encontrar perdida em tua vida?
Porque as vezes, sem querer ou ate por esquecimento,
Não consigo tentar tirar você do meu pensamento?
Porque, ao invés de ficar aqui reclamando dos meus sofrimentos
Não me expresso para ti tentando convence-lo do que sinto?
Porque?...Porque?...Porque?
Porque o amor que sinto por você
Tornou meu pobre coração muito fraco
E o sentimento que sinto, em relação a ti,
Da tua falta e do teu desprezo
 E meu coração com tantos aborrecimentos
Esta prestes a explodir e esfacelar-se
Com tantas duvidas caiu no esquecimento
Se perdeu em meio as palavras e tantos devaneios
Não consegue mais mentir e nem disfarçar
Quando o assunto mais importante para ele
Se torna meramente um caso de amor falido
Porque esta desgastado pelo tempo!
Ou quem sabe...por nunca ter existido...

Simone Martins - 15/03/2011

segunda-feira, 14 de março de 2011

Queria falar...calei-me!

  

"Queria nesse momento estar ao teu lado..sem fazer nada...sem falar nada...so estar ao teu lado..tão somente, ao teu lado...Queria poder sussurrar em teus ouvidos...palavras doces e carinhosas...que te fizessem explodir de emoção...cair em extase e paixão...Queria poder olhar em teus olhos...olhar tua alma e simplesmente..te olhar...Queria poder tocar-lhe com um beijo...toca-lo com minhas mãos...fazer-te carinhos e encher-te de desejo..ou quem sabe, simplesmente, tocar seu coração...Queria tanto poder cheira-lo depois do banho..sentir teu perfume me invadindo, me preenchendo, me embriagando de tesão...Queria poder ver-te aqui do meu lado..ver-te sentado na sala...simplesmente...ver-te! Queria poder falar tudo que estou sentindo nesse momento...tudo o que me faz sofrer...tudo o que nunca tive coragem de dizer...ou, quem sabe...apenas... e tao simplesmente...CALAR-ME!"

Simplesmente...Si

Sou seus sentidos...sou voce!

"Senti-lo sempre é o que me faz sobreviver, mesmo estando longe de voce"

(Simone Martins)


Você me faz sentir...
Raiva
Solidão
Amor
Você me faz ouvir..
Sussurros
Melodias
Trovões
Você me faz tocar...
Teu corpo
Tua alma
Teu coração
Você me faz cheirar...
Perfumes
Odores
Suor
Você me faz ver...
Sua vida
Minha vida
Nossa vida
Você me faz falar...
Te adoro
Te quero
Te Amo!
Mas depois de tudo ainda...
Sinto... tua ausência
Ouço... tuas lamentações
Toco... teus pesadelos
Cheiro... tua presença
Vejo... tua sombra
Falo...blasfemo...grito...
EU AINDA AMO VOCÊ!!

Simone Martins - 14/03/2011

Ah, menina sapeca...menina moleca!

"Toda menina sapeca ou moleca, com certeza um dia,
para de brincar de boneca e vai cuidar da propria vida..."
(Simone Martins)


Menina moleca....menina sapeca...ate ontem andava na rua descalça, desengonçada...Mais tambem, só podia ne?Tu eras menina moleca! Tu tinhas em teu semblante um amor que emanava de sua alma...Tu contagiavas a todos que ao teu lado ficavam..Tu eras como o vento forte soprando em todas as direções...Tentando pescar, tirar ou levar algo de bom para ti...Vestia-se como se nao precisasse de roupa...shorts jeans velho, desbotado, ou as vezes, ate rasgado...sempre descalça e cabelos desgrenhados...Era divino o teu sorriso...a tua gargalhada...o teu deboche...Rias o tempo todo e sempre com uma resposta na ponta da lingua...Tu nunca levavas desaforos para casa...Tinhas um ar de menina tranqueira, no sentido configurado da palavra...Quis dizer, que estava sempre respondendo e brigando por tudo que achavas correto...sempre no teu modo de ver...é claro! Menina moleca...que por tantas vezes, sentou e ouviu contar minhas historias....sempre muito interessada e atenciosa....prestava atenção a qualquer detalhe e sempre fazias perguntas...Menina moleca....com cara de sapeca se divertia com meus filhos...amava por demais minha filha Tainara e cuidava como se fosse sua irmâ mais nova...tempos bons que nao voltam mais...agora ja crescida e mulher...continua a ser menina moleca, porem, teras aque cuidar da tua propria cria...seu nenem abençoado que esta por chegar...Menina sapeca...menina moleca...e agora? Tu sabes que dara conta e nao desapontaras jamais aqueles que tu amas...Vais ter em sua vida, eternamente, a tua menina ou menino sapeca...moleca..moleque!!

PS: Em homenagem a uma grande amiga, que embora distante, fez parte da minha vida...minha historia...meu mundo...um dia! Dani..essa é para ti querida e que DEUS te abençoe sempre...te adoro!

Simone Martins - 14/03/2011

domingo, 13 de março de 2011

Meu coração e Eu

Esse foi um dos primeiros...nossa! Quantas mudanças nas minhas escritas...

Amo-te ate o fim dos meus dias...
 
Meu coração esta palpitante...
Sentindo  tua presença por perto.
Sentindo teu cheiro inebriante,
Ouvindo teus passos correndo.
Passando pela porta ofegante.
Meu coração esta  cansado,
De tanto te esperar...
De tanto te amar...
Meu coração amanheceu assim,
Meio romântico e sem graça.
Vontade de amar, se entregar.
Sentindo-se leve, querendo voar!
Minha alma esta feliz, branda.
Sinto uma vontade louca,
De lhe entregar meus lábios.
 Com tamanha vontade,
 De te beijar. Te amar!
Meu coração esta carente,
Implorando por um beijo teu.
Sofre calado, com tua indiferença.
Mas, ainda te ama, com tamanha rebeldia!
Você, continua ali. Parada, estática.
Dou alguns passos em tua direção.
Mas me detenho, ao ver tua expressão.
Um rosto pálido e sem vida.
Mas meu coração é tão teimoso,
Que bate cada vez mais forte.
Parece querer pula,r para fora do meu peito.
Não consegue perceber: o que eu percebo.
Teu rosto esta triste e com raiva,
Teu semblante me assusta.
Minha respiração agora, ofegante,
Cessa de repente, por alguns instantes.
Do nada, você me abraça e chora...
Teus cabelos longos e perfumados,
Se enroscam no meu abraço.
Perco o sentido...perco o chão!
Tenho chance agora de possui-la,
Mas não sei como fazê-lo, tenho receio.
O tempo parou neste momento,
E nada mais acontece...
Simplesmente tu se afastas,
 Vira-se muito rápido e vai embora.
Meu coração agora aflito, bate entumecido.
Minha respiração fica fraca e nada faço...
A porta se fecha  atrás de ti
 Meu coração e eu... ficamos ali.
Sem ação...sem emoção...sem vida,
Só observando... tua triste partida!

Simone Martins - 13/03/2011

- R E P L A Y -


Foto: GOOGLEhttps://lh3.googleusercontent.com/-j95GxkthSIk/TX1WFeYgnbI/AAAAAAAAAJs/negASTwIy0w/s320/FotoFlexer_Animation.gif-

Um pouco do meu mundo...

Sábado tranquilo e sem novidades...passamos o dia em família assistindo filmes e jogando "Perfil 4".
Nos divertimos muito, demos muitas risadas e esquecemos por alguns instantes...o mundo lá fora!
Cada vez que um errava, riamos muito e tentávamos atrapalhar o próximo jogador...muito bom mesmo!
Pai, mãe, filhos...genro e nora...meu mundinho feliz, onde consigo afastar o mal, a inveja e a violência por alguns instantes em nossas cabeças...Quando estamos juntos, não pensamos em mais nada...só na felicidade de estarmos ali, unidos e juntinhos. A noite estava muito linda...escura e sem estrelas, mas eu sabia que elas estavam ali, atrás das nuvens e imaginei como se: o céu estivesse todo estrelado só brindando a minha saída com a família...Sim! Fomos a uma pastelaria muito conhecida onde sempre nos divertimos muito...Encontramos um casal de amigos que já não víamos há anos...foi bom relembrar o passado junto desse casal, pois foram momentos felizes onde nossos filhos ainda eram crianças...Fazíamos churrasco todos os sábados e ficávamos rindo muito ate bem tarde...tempos bons....não!...tempos otimos!!
Fim de  noite... retornamos para casa, onde ficamos assistindo Televisão ate quase duas horas da manhã...filme e programa de humor...Vende-se cadeiras!
Termino aqui com uma frase que li recentemente..."A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família." (Léon Tolstoi)
Simone Martins - 13/03/2011

Familia...sempre familia!


sábado, 12 de março de 2011

Diferenças Inexistentes


https://lh5.googleusercontent.com/-L85I3yjmNWQ/TXvc4dhAKGI/AAAAAAAAAJk/2VzcF-3iMFQ/s200/racism-2.jpg
Quando saio na rua...Vejo rostos na espreita Vejo cores e traços...Vejo fortes laços
Somos todos coloridos...Numa mistura perfeita
Nos tornando muito unidos...Parecendo uma seita
Todos estão sempre correndo...Numa busca desenfreada
Da beleza, da perfeição...Que são pura ilusão
Estamos sempre atrasados...Com os nossos compromissos
Que a questão da cor ou da raça...As vezes, passa desapercebido
Nos esbarramos todos os dias...Sem prestar muita atenção no "outro"
Se é preto ou branco...não importa...Nós vivemos como um todo
Num mundo como o nosso...Onde lutamos para sobreviver
Não existe tempo e nem desculpa...Para do outro se esconder
Somos todos parecidos...Somos todos seres humanos!
Com alma, espirito, corpo e dorso...Somos todos de carne e osso!
Mas sofremos no dia a dia...Com tamanha hipocrisia
Na visão dos poderosos...Não existe etnia
Seja branco ou seja negro...Segundo a nossa Constituição
Trabalhe com dignidade...Pois voce é um cidadão!
Com direitos e deveres...Não importa quem tu és
Siga sempre teu caminho...Siga sempre a tua fé!

Autora: Simone Martins - Março/2008

Época de Faculdade...tema "Racismo"...foi o que saiu e resolvi
postar aqui...adorei!

Pouporri de "Sentimentos"

Como a manhã de outrora...amanheci hoje romantica...Sentindo dentro do coração...a natureza das belas poesias...O tempo esta nublado e o frio adentra pela janela...Sinto as batidas fortes, porem, suaves desse meu coração...Querendo se expressar ao ouvir o canto dos passaros...Acreditem: apesar de morarmos numa selva de pedra...Todos os dias pela manhã, ouço o cantar de passaros...Nao sei identifica-los,  porem, é um som  muito relaxante...Olho para minha imagem no espelho antigo e gasto pelo tempo...A imagem refletida é de quem ja lutou muito na vida...São olheiras de noites mal dormidas e de insonia ...São rugas no canto dos olhos que denunciam minhas preocupações...E o que vejo e a imagem de uma mulher batalhadora...Que conseguiu desvendar os misterios da vida...Através da expressão do olhar ou de poucas palavras...Sou assim...adoro ouvir as pessoas e tentar ajuda-las...Tenho algo dentro de mim que me faz compreende-las...Pode-se dizer que, foram tantos anos de batalhas onde, a cada novo aprendizado, eu tirava lições e refletia...sempre aproveitando o que de melhor me passavam...Nao quero ir fundo nos meus sentimentos num primeiro momento...mas sinto que minha alma quer desabafar...O amor sempre foi uma constante em minha vida...e sempre tentei corresponder ao maximo...o amor dos filhos, do marido, dos amigos e parentes...Sempre fui amavel e presente nos melhores e piores momentos daqueles que estavam ao meu lado...Sempre fui muito atenciosa e complascente com os seus problemas, tentando resolver da melhor forma possivel...As vezes, me sentia incapaz, mas não deixava me abater, respirava fundo, contava ate dez e...pronto! Tudo se encaixava perfeitamente e todos ficavam felizes...Me sinto realizada no quesito...ser mãe e esposa...e tambem na minha profissão...Sou uma mulher de fibra que criou para minha pequena familia, estruturas muito forte, onde o sentimento que sempre importava, e ate hoje impera, é o AMOR...Hoje sinto e vejo reconhecido meus esforços, pois as pessoas que convivem comigo, demonstram o retorno atraves de suas atitudes e de suas personalidades formadas através de tanto amor e paciencia...Consigo sentar aqui e ficar o dia inteiro escrevendo, afinal, não tenho nenhum segredo e minha vida é um livro aberto para quem quiser ler...Aqui nesse blog, vou tentar passar a verdadeira realidade dos meus sentimentos, sejam eles: alegres, tristes ou ate mesmo de solidão, mas de uma forma bem suave e com palavras de facil compreensão...Termino aqui citando um texto, que eu particularmente adoro, de Clarice Lispector, escritora que eu admiro muito!
Autora: Simone Martins - 12/03/2011


"Um sopro de vida - ...tenho medo de escrever, é tão perigoso. Quem tentou, sabe. Perigo de mexer no que está oculto- eo mundo não está a tona, está oculto em suas raízes submersas em profundidades do mar. Para escrever, tenho que me colocar no vazio. Neste vazio é que existo intuitivamente. Mas é um vazio terrivelmente perigoso: dele arranco sangue. Sou um escritor que tem medo da cilada das palavras: as palavras que digo escondem outras-Quais? Talvez as diga: escrever é uma pedra lançada no poço fundo!"